Além da Chery, que recentemente lançou o utilitário esportivo Tiggo, a Build Your Dreams (BYD) e a Jianghuai Automotive Corp. (JAC) têm planos concretos para ingressar no mercado automobilístico brasileiro nos próximos dois anos, conforme relato da jornalista Raquel Landim, em reportagem feita em Pequim (China) e publicada na edição de domingo (30/8) do jornal O Estado de S. Paulo.

A jornalista também informou que o escritório de advocacia brasileiro Duarte Garcia, Caselli Guimarães e Terra está assessorando outras duas fabricantes chinesas de caminhões, que pretendem se instalar no Brasil. O escritório, no entanto, evitou divulgar quais são essas montadoras.

A estratégia chinesa é começar com importações, para testar o mercado, e logo depois instalar fábricas no País, utilizando peças vindas da China, revela a reportagem. O grande diferencial das montadoras chinesas promete ser o preço.

A China exportou 356 mil automóveis no primeiro semestre do presente ano, enquanto vendeu cerca de 6 milhões de unidades no mercado interno. Há vendas significativas nos mercados colombiano, venezuelano e chileno, de acordo com a reportagem.

Fuente: Estado de S. Paulo (30/08/09)